Mensagens populares

domingo, 29 de julho de 2012

Praça Velha/Praça Luís de Camões - Guarda


Praça Velha/Praça Luís de Camões


"Ay eu coitada
Como vivo em gran cuidado
Por meu amigo que ei alongado!
Muito me tarda
O meu amigo na Guarda!
Ay eu coitada
Como vivo em gram desejo
Por meu amigo que tarda e não vejo!
Muito me tarda
O meu amigo na Guarda."

(El Rei D. Sancho I, séc. XII-XIII)

                                                                 
 
                  Canção de Amigo de D. Sancho I destinada à sua amada: a  Ribeirinha.

                  D. Sancho I teria feito a canção para que ela a cantasse durante as suas longas ausências 

a que a organização e a defesa do reino o obrigavam.




Sem comentários:

Enviar um comentário