Mensagens populares

domingo, 8 de julho de 2012

Pelourinho de Pinhel


Pelourinho de Pinhel

"Depois das campanhas de Reconquista, o núcleo urbano de Pinhel iria organizar-se dentro das muralhas do castelo, mandado edificar por D. Sancho I em 1189. A vila tornava-se então sede de concelho, e no ano de 1209 o mesmo monarca outorgava-lhe concessão de carta de foral. Em 1217 D. Afonso III confirmava o foral. No início do século XIV, por acção de D. Dinis, o castelo era reconstruído e o foral reformado; Pinhel, terra pertencente à Coroa, passaria a usufruir de alguns privilégios. Em 1510 as Reformas Manuelinas trouxeram a renovação do foral medieval, e foi nesta época que o pelourinho de Pinhel foi edificado.

O pelourinho de Pinhel apresenta evidentes afinidades com o pelourinho de Castelo Rodrigo. O pelourinho está assente sobre soco de cinco degraus octogonais. A coluna, de fuste octogonal, possui base quadrada chanfrada nos ângulos, e relevos na zona superior. O capitel, com base de gaiola, tem secção circular e está decorado com anel em forma de cabo decorado por florões e quadrifólios inseridos em círculos. O conjunto possui remate em gaiola, com oito colunelos estriados com base anelada e coroamento cónico estriado, encimado por pináculos decorados com motivos vegetalistas rematados por esferas. A gaiola é rematada por cone estriado, dividido em duas peças.

A estrutura original do pelourinho mantém-se intacta, embora nos anos 40 do século XX tenham sido realizadas obras de consolidação devido à inclinação gradual do conjunto."
Fonte: IGESPAR

Sem comentários:

Enviar um comentário