Mensagens populares

terça-feira, 10 de julho de 2012

Castelo de Alandroal




Canto VIII – Estrofe 33

“Na mesma guerra vê, que presas ganha
Est’ outro capitão de pouca gente;
Comendadores vence e o gado apanha.
Que levam roubado ousadamente
Outra vez vê que a lança em sangue banha
Deste só por livrar c’o amor ardente
O preso amigo, preso por leal
Pero Rodrigues é do Landroal.”



Canto X – Estrofe 52

“Também Sequeira, as ondas Eritreias
Dividindo, abrirá novo caminho
Para ti, grande Império, que te arreias
De seres de Candace e Sabá ninho.
Maçua, com cisternas de águas cheias,
Verá, e o porto Arquico ali vizinho;
E fará descobrir remotas ilhas,
Que dão ao mundo novas maravilhas”

 Luis Vaz de Camões, Os Lusíadas

Sem comentários:

Enviar um comentário